:. Indústrias JBDuarte S.A .:
 


RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO – 3º TRIMESTRE DE 2009

Mensagem da administração

Senhores Acionistas:

Durante o transcorrer deste 3º trimestre do exercício em curso, presenciamos a continuidade do que havíamos informado em nosso relatório do 2º trimestre, ou seja, os níveis de melhoria na produção industrial continuaram a ser pouco expressivos, embora positivos e crescentes. Ao final deste trimestre, a industria de transformação, mantinha ainda uma redução de 7% no nível de atividade industrial quando comparada com igual período do exercício anterior. Houve efetivamente uma mudança de tendência no rumo do nível de produção industrial, porém ainda de maneira lenta e gradual.

Os esforços internos efetuados a nível governamental, tais como:
a) ampliação da liquidez do sistema financeiro visando o aumento do crédito às empresas e ao consumidor ;
b) redução de tributos incidentes sobre alguns setores da economia, como o automotivo, eletrodomésticos e materiais de construção civil, visando a manutenção do nível de emprego e renda;
c) aumento dos investimentos públicos em infra-estrutura; visando a manutenção de uma demanda mínima capaz de contribuir com a atividade econômica . Ainda assim, as dificuldades para obtenção de crédito junto as instituições financeiras continuaram, motivadas ainda pelo elevado índice de falta de confiança manifestado pelos agentes financeiros, refletindo na lenta e gradual alteração do nível de produção industrial.

A redução da produção da industria foi extremamente elevada, notadamente na indústria de transformação, a qual até o final do 3º trimestre se mostrou com níveis de melhoria pouco expressivos.

As empresas exportadoras continuaram a sentir por um lado a redução drástica de recursos para cobertura de suas operações, e por outro, a queda da demanda internacional. O governo, manteve durante o 3º trimestre do atual exercício, acertadamente, a redução das alíquotas de IPI sobre os veículos, materiais de construção civil e eletrodomésticos, etc., fato que possibilitou um nível de vendas razoável , estancando a dispensa em massa e permitindo o inicio da geração de novas contratações no Mercado de trabalho.

Entretanto, alguns setores da economia continuaram a sentir mais que outros os efeitos deste período de crise, refletindo de forma negativa sobre suas performances; é o caso dos setores de vestuário, calçados, e principalmente o de máquinas e equipamentos, os quais continuaram a sofrer uma profunda queda do seu nível de produção e vendas. O que presenciamos ao final do 3º trimestre de 2009 mostra um arrefecimento da crise, com melhoria relativa na atividade econômica, mas de maneira muito lenta, o que enseja que estamos distantes de atingir o nível de atividade de setembro de 2008.

Mantemos nossa estimativa anterior no que tange ao crescimento da economia em 2009, ou seja, nosso crescimento será positivo porém muito baixo, mesmo considerando-se a melhoria continua e permanente da atividade da industria.
A Industrias J.B.Duarte S.A., face a desmobilização iniciada e empreendida em setembro de 2008, com a alienação de sua participação na Masaflex Indústria e Comércio Ltda, conforme Fato Relevante divulgado em 15/10/2008, seguida da efetivação do destrato de sua participação Sueme Metalúrgica Ltda conforme Fato Relevante divulgado em 20/02/2009, ambas voltadas para o setor automotivo, procurou face a falta de perspectiva do setor automotivo a nível internacional, se garantir quanto aos seus investimentos. As referidas alienações, observadas atualmente, se mostraram acertadas, pois garantem o retorno dos investimentos a taxa de 15% a.a. na primeira venda além da devida correção dos saldos devedores por índices oficiais, tais como o IPCA e na segunda a remuneração do CDI .

Nossos esforços no sentido de modificar e alterar a decisão do Juiz da 6ª Vara da Justiça Federal de São Paulo, que impossibilitou a distribuição dos dividendos deliberados e aprovados na AGO/E de 30/04/2008 prosseguiu, sem, contudo, obtermos êxito até o momento. Através de nossos advogados, prosseguimos no acompanhamento das ações para a recuperação dos valores de nossos ativos fiscais, para os quais vislumbramos algumas perspectivas de êxito, sem existir uma exata noção temporal sobre estas demandas.

No que se refere a ação em curso relativa ao reconhecimento do credito-prêmio do IPI , na qual se pretende obter o reconhecimento do Credito Premio de IPI na alíquota de 15% incidente nas exportações realizadas pela empresa, o STF julgou procedente o reconhecimento do mesmo até o ano de 1990., porém somente para aquelas empresas que tivessem reclamado até 1995, o que não foi o nosso caso e de grande parte das empresas exportadoras. Através da inclusão como emenda da MP 460, as empresas exportadoras, tentaram fazer valer seus direitos até a data da publicação da referida MP 460, a qual foi aprovada pelo Senado, porém vetada pelo Executivo. Nossas exportações no período definido pelo STF, foram de aproximadamente US$ 400 milhões. Novamente e por ação das empresas exportadoras, tenta-se através de emenda a MP 462 , obter a aprovação para todas as empresas que ja tinham reclamados seus direitos antes da aprovação do STF. Resta-nos aguardar que a referida MP462 entre na pauta de votação pelo Senado. Durante este 3º trimestre, a empresa prosseguiu no desenvolvimento de análise e prospecção de segmentos e empresas visando a futuras aquisições de participação, sendo que alguns setores mostraram boas possibilidades de obtenção de taxas de retorno com baixo risco ao investimento. Nosso projeto de desenvolvimento de atividade no setor imobiliário prossegue e neste momento, esta na fase de pesquisa e análise de mercado, detalhamento de projeto e obtenção e regularização do projeto perante todas as exigências legais, quer a nível municipal, estadual e federal.

Como informado anteriormente, o projeto deverá ser desenvolvido através de uma empresa de propósitos específicos, empresa esta já devidamente constituída, conforme aprovação em reunião do Conselho de Administração de 21/07/2009, com o nome de New Realty Empreedimentos Imobilários Ltda.

Sendo nossa atividade principal a participação no capital social de outras empresas, mantemos um permanente acompanhamento da conjuntura e das atividades produtivas dos mais diversos setores de atividade, buscando novas alternativas de investimentos em empresas, que possam assegurar boas taxas de retorno do capital, associadas a menores riscos para os investimentos.

Setor de Atuação: Setor de Internet Banda Larga Sem Fio (Wireless) Mantemos nossa participação no setor de Internet de Banda Larga sem Fio, através da IOL- Itapecerica On Line Telecomunicações e Informática Ltda, empresa da qual detemos 50% do capital social.

A IOL tem por objetivo a prestação de serviços de comunicação corporativa através da Internet de banda larga; sendo uma empresa provedora de comunicações de banda larga, com serviços de hospedagem (Data Center) e de serviços de ASP (Application Service Provider), além de serviços de consultoria relacionados a área de comunicação de dados e Internet. A IOL utiliza tecnologias modernas tais como o WIFI para atendimento de corporações ao redor de um raio de 5 a 10 Km do seu centro de atividade; comunicação via rádio, não necessitando de cabeamento, e WIMAX, para atendimento de corporações num raio amplo, que inclui estados como RJ, MG, apoiando-se em parceiros. Resultados da Indústrias J.B.Duarte S.A. No 3º trimestre de 2009, a J.B.Duarte apresentou um prejuizo líquido de R$ 260 mil, sendo que no mesmo período de 2008, apresentou um lucro de R$ 727 mil. Como podemos observar no comparativo de resultados entre o 2º trimestre e o 3º trimestre de 2009, ocorreu uma melhora nos resultados, o que de certa maneira, demonstra que a tendência da economia tem sido positiva embora gradual e lenta, permitindo antever perspectivas melhores para o último trimestre . Resultado conforme Demonstração de Resultadosde em 30/09/2009….R$ ( 260) mil Resultado conforme Demonstração de Resultadosde em 30/06/2009….R$ 388 mil Nas Demonstrações Financeiras de 30/009/2009, o nível de endividamento da empresa se reduziu, basicamente em função da redução do endividamento financeiro.

ENDIVIDAMENTO EM RELAÇÃO AO PATRIMÔNIO LIQUIDO - 3ºTRIM./2009
ITEM RUBRICA 2005 2006 2007 2008 3º Trim. 2009
A PASSIVO CIRCULANTE 33.636 22.097 17.423 17.421 6.019
B EXIGÍVEL A LONGO PRAZO 8.212 3.771 1.500 54.096 54.451
C SOMA ( A + B) 41.848 25.868 18.923 71.517 60.470
D PATRIMÔNIO LIQUIDO 9.725 22.734 44.490 46.237 54.183
E=C/D ÍNDICE 4,3 1,14 0,35 1,54 1,12

No que se refere capacidade de solvência, a empresa apresentou melhoria, conforme mostrado abaixo.
 
ÍNDICES DE LIQUIDEZ
RUBRICAS 2005 2006 2007 2008 3º Trim. 2009
LIQUIDEZ GERAL 0,8 1,27 2,53 2,52 1,79
LIQUIDEZ CORRENTE 0,1 0,32 0,8 1,06 2,84


Aspectos Societários

Continuamos a manter de forma permanente acompanhamento dos diversos setores da economia, objetivando deter e projetar com antecedência informações que possam nos levar a analisar e definir futuras participações em setores com boas perspectivas de evolução que possam se traduzir em boas taxas de retorno para o capital.

Como informado anteriormente, a Indústrias J.B.Duarte S.A., mantêm-se em permanente contato com o desenvolvimento de empresas, analisando e prospectando novas oportunidades de negócios que possibilitem boas taxas de retorno do capital e segmentos que possam minimizar eventuais riscos operacionais. Em reunião do Conselho de Administração realizada em 24/06/2009, foi deliberada e aprovada e encaminhada para a AGE proposta de aumento de capital de R$ 12.836.641,86, através de subscrição particular. Em Assembléia Geral Extraordinária realizada em 13/07/2009, a proposta acima referida, foi deliberada e aprovada, fato que foi comunicado através da Ata encaminhada a CVM e BOVESPA e publicada através dos veículos da imprensa onde a empresa faz suas publicações legais.

. Sobre este aumento de capital, foi comunicada a CVM, BOVESPA e Mercado, uma AGE para a data de 04/12/2009 , na qual ocorrerá a homologação do referido aumento de capital. Importante informar que nas Demonstrações Financeiras deste 3º trimestre, foram considerado os valores subscritos do aumento de capital até a data de 30/09/2009.

São Paulo , 27 de novembro de 2009

Skip Navigation Links
Home
Dúvidas
Comentário econômico
Notícias & Informações
Estatuto Social
Acesso restrito

Indústrias JB Duarte S/A.
Fone: 55-11-2061-5511
Copyright 1998 - 2012 All rights reservad