:. Indústrias JBDuarte S.A .:
 


RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO – 2009

I – MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO

Senhores acionistas:

Concluído o exercício de 2008, cabe-nos informar como se desenvolveu a implementação dos processos de reestruturação em nossas coligadas, processos estes que vinham se desenvolvendo a contento no exercício anterior.
A evolução das melhorias operacionais esperadas para o exercício de 2008, em continuidade aquelas desenvolvidas no decorrer do exercício anterior, não se efetivaram da forma como foram planejadas, ficando aquém de nossas expectativas. Os resultados apresentados por nossas coligadas, até o ano anterior haviam sido positivos e crescentes, tanto no volume de vendas, como nos resultados. Porém, esses resultados passaram a ser mais instáveis no decorrer do exercício findo , principalmente no ultimo trimestre, quando se apresentaram de maneira insatisfatória, com tendência de piora acentuada no desempenho.
Eram as nossas coligadas que participaram do segmento automotivo, em setores diferentes ; a Sueme Industrial S.A. como fornecedora direta de montadoras de veículos , e a Masaflex Industria e Comércio Ltda que fornece produtos de reposição, usando como canal de venda distribuidores especializados, os quais sofreram uma enorme concorrência de fabricantes locais e de produtos importados, fato esse que inviabilizou o plano de expansão projetado para a empresa.
Na Sueme Industrial S.A., o impacto ocorreu de forma mais pronunciada a partir de setembro de 2008, prejudicando igualmente os resultados esperados para esse exercício findo .
Concluimos que os segmentos nas quais nossas coligadas operavam, passariam por dificuldades presentes e futuras, o que motivou nosso desinteresse em continuar participando nesse setor. Na Masaflex Indústria e Comércio Ltda, aproveitamos a reformulação societária dos majoritários, manifestada pela intenção de ampliar sua participação na empresa. Propusemos, então, nossa intenção de negociar a participação que tínhamos na empresa. Tal ocorrido foi objeto de “Fato Relevante”, divulgado por nós em 15/10/2008. A negociação foi feita visando, alem de sair do negócio, obter uma remuneração idêntica aquela considerada quando da aquisição da referida participação, ou seja, 15% ao ano, mais correção pelo IPCA.
No caso da Sueme Industrial S.A., que fornece diretamente as montadoras, embora as previsões indicassem que o segmento automotivo continuaria a crescer de maneira sólida no país , a partir de setembro de 2008,em função dá crise financeira que se abateu nas maiores e mais sólidas economias do mundo, com reflexos bastante efetivos sobre o segmento automotivo a nível mundial e local , somado á falta de credito para financiar os consumidores locais, vislumbramos que o setor passaria por uma fase extremamente difícil, fato que efetivamente ocorreu no ultimo trimestre do exercício . O reflexo dos resultados de ambas as empresas vieram afetar o resultado anual das Industrias J.B.Duarte S.A..
Alem do acima relatado a Sueme Industrial S.A. precisará, a curto prazo, mudar sua fabrica, para cumprir o contrato de locação, que irá vencer durante o ano em curso ,o que obrigara a mesma a fazer novos investimentos, o que também não seria de interesse da J.B.Duarte.

A J.B.Duarte, propôs à AGO/E realizada em 30/04/2008, a distribuição de dividendos relativos ao exercício encerrado em 31/12/2007, no valor de R$ 577.828,96, o que não pode ser efetivado, tendo em vista a penhora recebida em 20/05/2008, expedida pelo Juiz Federal da 6ª Vara de Execuções Fiscais de Primeira Instancia, bloqueando tal valor. Através de nossos advogados, medidas adequadas foram encaminhadas no sentido de efetuar o referido desbloqueio daquele valor, sem, contudo, termos alcançado êxito até o momento.
Era nossa intenção, durante o corrente exercício, preparar e efetuar a migração da J.B.Duarte para o Nível I de Governança Corporativa, fato que em função das analises efetuadas sobre os segmentos e a medida judicial imposta, obrigou-nos a postergar nossa intenção.
A empresa, sendo uma empresa de participações, continua a prospectar e estudar oportunidades no sentido de vir a efetuar novos negócios, sempre tendo como metas básicas, a obtenção de taxas de retorno adequadas e vinculadas a segmentos que possam assegurar menores riscos operacionais.
Com essas providências, a empresa se encontra em uma posição de poder analisar outros investimentos que possam trazer um resultado a seus acionistas, com mais liberdade para procurar rentabilizar seus ativos.
A busca por recuperar os valores de ativos fiscais e outros continuara e dessas ações, vislumbramos possibilidades de êxitos a curto prazo.



II – CENÁRIOS DOS SETORES PARTICIPADOS EM 2008

A) SETOR DE INTERNET E COMUNICAÇÕES IOL

O setor de Internet, como já era esperado, continua a crescer de maneira bastante forte, tendo durante o atual exercício, crescido acima de 80 % relativamente ao exercício de 2007.
Atualmente estima-se um número de internautas acima de 60 milhões, entre aqueles de utilização por empresas e aqueles de uso residencial.
Do ponto de vista internacional, o Brasil continua a se sobressair como o país onde se apresenta o maior tempo de navegabilidade na Internet, com estimativa de que, com a inclusão cada vez maior do número de computadores negociados, tal cifra deverá se manter.


III – RESULTADOS – J.B.DUARTE

No exercício de 2008, a J.B.Duarte, mostra um prejuízo de R$ 344 mil, contra um resultado positivo de R$ 2.433 mil do exercício de 2007. O resultado de equivalência , referente aos resultados das empresas coligadas, apresenta um valor negativo de R$ 233 mil em 2008, quando em 2007 foi positivo em R$ 166 mil.

QUADRO REFERENTE AO LUCRO E EQUIVALÊNCIA PATRIMONIAL

Resultado de Equivalência sobre Resultado das Empresas Coligadas (R$mil)

 

 

 

 

 

 

 

 

         SUEME

       Masaflex

              IOL

           TOTAL

2008

2007

2008

2007

2008

2007

2008

2007

0

204

(72)

20

(161)

(58)

(233)

166


INDÚSTRIAS J.B.DUARTE S.A.

COMPARATIVO DE RESULTADOS - 2008 - 2007 - MIL R$

 

 

 

 

 

EXERCICIO

SUEME

MASAFLEX

IOL

J.B.DUARTE

 

 

 

 

 

2008

(1.859)

106

(240)

 (344)

 

 

 

 

 

2007

408

95

(115)

2433

IV – ENDIVIDAMENTO

Durante os últimos exercícios, a empresa através de um grande esforço,conseguiu diminuir o seu grau de endividamento, o que pode ser observado no quadro abaixo.

 

ENDIVIDAMENTO EM RELAÇÃO AO PATRIMONIO LIQUIDO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ITEM

RÚBRICAS

 

 

2005

2006

2007

2008

 

 

 

 

 

 

 

 

A

Passivo Circulante

 

 

33.636

22.097

17.423

17.421

B

Passivo Exigivel a Longo Prazo

 

 

8.212

3.771

1.500

54.096

C

Soma ( A + B)

 

 

41.848

25.868

18.923

71,517

D

Patrimonio Liquido

 

 

9.725

22.734

44.490

46.237

E

Indice : C / D

 

 

4,3

1,14

0,35

1,54

QUADRO REFERENTE A LIQUIDEZ

 

              ÍNDICES  DE  LIQUIDEZ

 

           Indice

2005

2006

2007

2008

Liquidez  Geral

0,8

1,27

2,53

2,52

Liquidez  Corrente

0,1

0,32

0,8

1,06


V – COLIGADAS E CONTROLADAS


A) ITAPECERICA ON LINE TELECOMUNICAÇÕES E INFORMATICA LTDA
A nossa participação na IOL, corresponde a 50% do seu capital social, valor este já totalmente internado na empresa.
A IOL é uma empresa especializada em prover acesso a Internet de banda larga sem fio, na região sul de São Paulo. A IOL presta seus serviços utilizando a tecnologia WI-FI e WIMAX, as quais exigem menor volume de investimentos e menores prazos de implantação, se comparados com as demais tecnologias ,em geral, utilizando redes de cabos elétricos e/ou rede de fibras óticas.
Durante o exercício de 2008 a empresa, cresceu cerca de 40% em seu faturamento bruto, embora não tenha ainda atingido o seu ponto de equilíbrio; o que demandará ainda algum tempo; visto ser necessário que novos investimentos venham a ser realizados.
Entendemos que com o atual nível de faturamento, a empresa, um projeto do qual participamos praticamente como de incubadora, deve gerar os recursos suficientes a sua sustentabilidade, razão pela qual, não é o nosso desejo, aportar novos recursos na empresa.
Acreditamos que no corrente exercício, a empresa continuará a manter o seu ritmo de crescimento em vendas e possa atingir o seu equilíbrio econômico e financeiro.

VI – ASPECTOS SOCIETÁRIOS

A J.B.Duarte, prosseguirá no desenvolvimento de estudos e contatos no sentido de buscar novas e interessantes áreas e empresas, onde possa vir a adquirir participação, e onde possa vir a investir, objetivando sempre taxas de retorno adequadas para a remuneração de seus recursos, para si e para os seus acionistas.

VII – SERVIÇOS DE AUDITORIA

De acordo com a Instrução CVM nº 381/03, vimos informar que a JPPS Auditores Independentes SS, prestou serviços de auditoria externa independente em 2008, não tendo prestado quaisquer outros serviços a Indústrias J.B.Duarte S.A..
Finalmente, gostaríamos de enfatizar nosso apreço pela confiança demostrada pelos acionistas, fornecedores, clientes, instituições financeiras, investidores, analistas de mercado de capitais e, em especial, agradecer aos nossos funcionários pela dedicação.
São Paulo,31 de março de 2009
 

Skip Navigation Links
Home
Dúvidas
Comentário econômico
Notícias & Informações
Estatuto Social
Acesso restrito

Indústrias JB Duarte S/A.
Fone: 55-11-2061-5511
Copyright 1998 - 2012 All rights reservad