:. Indústrias JBDuarte S.A .:
 


RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO – 1º TRIMESTRE DE 2009

Mensagem da administração

Senhores Acionistas:

Após um tumultuado 4º trimestre de 2008, onde a economia do país teve queda expressiva do PIB - Produto Interno Bruto, em razão da crise financeira internacional que se abateu sobre as maiores economias do mundo e, cujos reflexos no Brasil ainda que em grau menor se fizeram sentir notadamente em alguns setores, tais como, o automobilístico, de máquinas e equipamentos siderúrgico, fertilizantes, e outros, adentramos no corrente exercício com a expectativa de que o 1º trimestre de 2009, não seria diferente para a economia do país.
De fato, as dificuldades da obtenção de crédito, associado á falta de confiança que se abateu sobre os agentes econômicos, influenciaram sobremodo a demanda interna, fator que de certa forma, vinha sustentando a economia interna, dado que as exportações praticamente desabaram no período.
As medidas tomadas pelo governo, no sentido de irrigar a falta de liquidez do sistema financeiro interno, embora acertadas, não chegavam ás empresas e aos consumidores, visto que para as entidades financeiras, a prioridade foi a manutenção de suas liquidez.
O setor automobilístico teve uma queda brutal das vendas internas, com imediatas conseqüências para o setor e reflexos na cadeia de fornecedores de autopeças, gerando uma dispensa de funcionários, aumentando o nível de desemprego e operando para adequar os seus níveis de estoques que no momento eram altos. O governo, acertadamente, colocou em operação uma redução das alíquotas de IPI sobre os veículos, fato que possibilitou o reerguimento parcial do nível de vendas, estancando a dispensa em massa que se desenhava no setor. Entretanto, as medidas tomadas pelo governo favoreceram além do setor automotivo, o setor de linha branca ,deixando de lado importantes setores da economia, setores estes, que demandavam elevados contingentes de pessoas, tais como, o de vestuário, calçados, e principalmente o de máquinas e equipamentos, o qual sofreu uma profunda queda do seu nível de produção e vendas, do qual até hoje, ainda não vê perspectivas de crescimento no curto prazo.
O que presenciamos ao final do 1º trimestre de 2009 mostra um arrefecimento da crise, com pequena melhoria na atividade econômica, mas de maneira muito lenta, o que enseja que estamos muito longe de atingir o nível de atividade de setembro de 2008. Em outros termos, teremos um 2009 com crescimento praticamente nulo, mesmo considerando-se a melhoria continua e permanente da atividade da industria.
A Industrias J.B.Duarte S.A., face a desmobilização iniciada e empreendida em setembro de 2008, com a alienação de sua participação na Masaflex Indústria e Comércio Ltda, conforme Fato Relevante divulgado em 15/10/2008, seguida da efetivação do distrato de sua participação na Sueme Metalúrgica Ltda conforme Fato Relevante divulgado em 20/02/2009, ambas voltadas para o setor automotivo, procurou face a falta de perspectiva do setor automotivo a nível internacional, se garantir quanto aos seus investimentos.
Assim, efetuou as referidas alienações de suas participações, assegurando o retorno dos investimentos a taxa de 15% a.a. além da devida correção dos saldos devedores por índices oficiais, tais como o IPCA e CDI.
Durante este 1º trimestre de 2009, os esforços no sentido de modificar e alterar a decisão do Juiz da 6ª Vara da Justiça Federal de São Paulo, a qual penhorou a distribuição dos dividendos deliberados e aprovados na AGO/E de 30/04/2008 prosseguiram, sem contudo obtermos uma definição positiva até o momento.
Através de nossos advogados, prosseguimos no acompanhamento das ações para a recuperação dos valores de nossos ativos fiscais, dos quais estamos vislumbrando grandes perspectivas de êxito no curto prazo.
Nossa intenção de migrar a Industrias J.B.Duarte S.A para o nível I de Governança Corporativa, como informado anteriormente, foi postergada, porém não abandonada.
Sendo nossa atividade principal a participação no capital social de outras empresas, mantemos um permanente acompanhamento da conjuntura e das atividades produtivas dos mais diversos setores de atividade, buscando novas alternativas de investimentos em empresas, que possam asssegurar boas taxas de retorno do capital, associadas a menores riscos para os investimentos.


Setor de Atuação:
Setor de Internet Banda Larga Sem Fio (Wireless)
Mantemos nossa participação no setor de Internet de Banda Larga sem Fio, através da IOL- Itapecerica On Line Telecomunicações e Informática Ltda, empresa da qual detemos 50% do capital social. A IOL tem por objetivo a prestação de serviços de comunicação corporativa através da Internet de banda larga; sendo uma empresa provedora de comunicações de banda larga , com serviços de hospedagem (Data Center) e de serviços de ASP( Application Service Provider), além de serviços de consultoria relacionados a área de comunicação de dados e Internet.
No Brasil, o número de internautas supera os 60 milhões, volume que tem crescido de maneira vertiginosa, acompanhando a venda sempre crescente de computadores, e agora de celulares de última geração, a qual vem se mantendo e crescendo a níveis significativos.
A IOL utiliza tecnologias modernas tais como o WIFI para atendimento de corporações ao redor de um raio de 5 a 10 Kilometros do seu centro de atividade; comunicação via rádio, não necessitando de cabeamento, e WIMAX, para atendimento de corporações num raio amplo, que inclui estados como RJ, MG, apoiando-se em parceiros.

Resultados da Indústrias J.B.Duarte S.A.
No 1º trimestre de 2009, a J.B.Duarte apresentou um prejuízo de R$ 119 mil, sendo que no encerramento de 2008, apresentou um prejuízo de R$ 344 mil.
O resultado de equivalência patrimonial referente a coligada foi negativo de R$ 68 mil.
No corrente trimestre, o nível de endividamento da empresa manteve-se praticamente estável, apresentando um ligeiro crescimento em função do aumento de uma provisão adicional no passivo da empresa.


ENDIVIDAMENTO EM RELAÇÃO AO PATRIMONIO LIQUIDO

ITEM RÚBRICAS 2005 2006 2007 2008 1ºTri./09
A Passivo Circulante 33.636 22.097 17.423 17.421 18.533
B Passivo Exigivel a Longo Prazo 8.212 3.771 1.500 54.096 54.096
C Soma ( A + B) 41.848 25.868 18.923 71.517 72.629
D Patrimonio Liquido 9.725 22.734 44.490 46.237 46.113
E Indice : C / D 4,3 1,14 0,35 1,54 1,57


No que se refere a liquidez a empresa apresentou como mostrado abaixo.

ÍNDICES DE LIQUIDEZ

Indice 2005 2006 2007 2008 1ºTri.09
Liquidez Geral 0,8 1,27 2,53 2,52 2,42
Liquidez Corrente 0,1 0,32 0,8 1,06 0,98


Aspectos Societários
Como já informado anteriormente, a Indústrias J.B.Duarte S.A., mantêm-se em permanente contato com o desenvolvimento dos mais diversos setores e empresas , analisando e prospectando novas oportunidades de negócios onde possa vir a participar , tendo como objetivos principais a avaliação de negócios que possibilitem boas taxas de retorno do capital e segmentos que possam minimizar eventuais riscos operacionais.
Em AGO/E/ realizada em 30/04/2009, havia sido colocado em pauta para deliberação, uma proposta de aumento de capital de R$ 5.705.174,16. Entretanto, em função de noticias de última hora chegadas ao nosso conhecimento, de fontes bem relacionadas, dando conta da possível inclusão na Medida Provisória 449, de clausula de reconhecimento do credito-prêmio do IPI de exportações, do qual a J.B.Duarte, vem pleiteando de longa data, após nova reunião do Conselho de Administração, decidiu este, propor a retirada do item da pauta da referida AGO/E.
Como já nos referimos em diversas oportunidades, a J.B.Duarte, vem pleiteando junto a Justiça, o reconhecimento de seus créditos prêmios sobre o montante de US$ 700 milhões de exportações ocorridas no período de 1988 a 2002.
Caso tal reconhecimento viesse a ocorrer, tais créditos seriam imediatamente reconhecidos e lançados em nossos ativos, alterando sobremaneira nosso balanço, evitando com isto que um desembolso desnecessário fosse realizado por nossos acionistas.
A AGO/E, decidiu acatar a proposição do Conselho de Administração e retirou da pauta o referido item IV, que propunha o aumento de capital.
Como fato subseqüente, cabe informar, que a emenda de inclusão do credito prêmio do IPI na Medida Provisória 449, não ocorreu , sendo que , no momento, cogita-se da sua inclusão na Medida Provisória 461 também em tramitação no Senado.

Skip Navigation Links
Home
Dúvidas
Comentário econômico
Notícias & Informações
Estatuto Social
Acesso restrito

Indústrias JB Duarte S/A.
Fone: 55-11-2061-5511
Copyright 1998 - 2012 All rights reservad